Enquete 106

Casa de Nhozinho integra publicação sobre museus

Enviado em 5 de dezembro de 2012

Os museus Casa de Nhozinho, Casa da FÉsta e Casa do Maranhão estão presentes no livro Museus do Brasil – um guia dos principais museus brasileiros, uma coletânea de imagens que reúne os principais centros culturais do país. A publicação é um lançamento da editora Empresa das Artes.

O livro tem como proposta fazer o leitor conhecer os muitos museus brasileiros sem sair de casa. Para isto, foram registrados, por meio, de fotos assinadas pelo fotógrafo Fábio Knoll mais de dois mil museus. A edição da obra é de Fábio Ávila.

Com um investimento da ordem de mais de R$ 300 mil, o livro chega ao mercado com uma tiragem de 11 mil exemplares e foi financiado via Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). Para facilitar a consulta, a obra foi dividida por regiões geográficas e, antes de cada museu, há um pequeno texto contendo informações básicas sobre os espaços.

De São Luís, os autores da obra escolheram os museus que compõem o Museu do Folclore e da Arte Popular (Casa de Nhozinho, Casa da FÉsta e Casa do Maranhão). Os museus Histórico e Artístico do Maranhão, de Artes Visuais, Cafua das Mercês, Museus de Arte Sacra, Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho são citados no livro, mas não tiveram registros fotográficos.

Livro

O editor Fábio Ávila descreve o que o leitor pode encontrar no livro. “No Brasil existem mais de 2.400 museus abertos à visitação do público. São museus históricos, de arte sacra, temáticos e de arte que confirmam o espetacular panorama de nossa cultura”, diz Ávila. “Na obra, o leitor pode conhecer melhor os principais locais a serem visitados graças aos seus valiosos acervos compostos de peças de artistas brasileiros e internacionais em exposições que justificam plenamente a visita”, completa o editor.

A Casa de Nhozinho, Casa da FÉsta e Casa do Maranhão ocupam cinco páginas da publicação, que tem 219, e são retratadas como locais que propiciam o aprofundamento do conhecimento sobre a cultura popular maranhense. “São Luís é uma das cidades brasileiras mais ricas em termos de manifestações populares musicais e de dança. Para quem quer se aprofundar nessa cultura, os museus oferecem a chance”, diz o livro.

Museus

A Casa de Nhozinho está localizada na Rua Portugal. Esta edificação é uma dos mais importantes exemplares da arquitetura colonial portuguesa do centro histórico de São Luís. O nome é uma homenagem a Nhozinho, um importante artesão que fabricava brinquedos para crianças pobres. O espaço funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 19h.

A Casa do Maranhão é localizada no antigo Prédio da Alfândega, datado de 1873. Atualmente o prédio encontra-se fechado para reforma.

Localizada no Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, a Casa da FÉsta, reúne material referente a ritos e folguedos. A exposição é composta por vestimentas, adereços e objetos usados em festas populares, como tambor de Mina, Festa do Divino, tambor de crioula, Carnaval e autos de Natal. Há visitas guiadas de terça-feira a domingo, das 9h às 18h.


Fonte: Na Mira

Universidade FM 2011, Todos os direitos reservados