Institucional

Em 1984, surgia na Universidade Federal do Maranhão, o primeiro laboratório de estágio profissional para os alunos de Comunicação Social, hoje conhecida como a Rádio Universidade.

Devido à legislação da ditadura na época, uma Universidade não poderia deter um veículo de comunicação, e foi assim que a Rádio Universidade foi instituída pela Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA. A sua primeira transmissão oficial, com fins exclusivamente educativos e culturais, só ocorreu em 21 de outubro de 1986, data marcada como o aniversário da emissora.

No início, a Rádio Universidade operava sob a frequência 107,9 MHz, com alcance de 50 km ao redor da torre, funcionando no horário de 6h às 22h. Somente 8 anos após a primeira transmissão, a frequência foi alterada para a atual 106,9 MHz, que segundo Álvaro Junior, técnico da emissora há 27 anos, foi uma necessidade, devido ao baixo alcance da sintonização, que em alguns rádios analógicos era impossibilitada. Nesta época, os profissionais trabalhavam voluntariamente.

Apenas na década de 90, aconteceram as primeiras contratações de profissionais da área, nomes que estão consagrados na Rádio Universidade, como Gisa Franco, Maira Nogueira e Marcos Vinicius, que já completam mais de 23 anos a serviço da rádio maranhense.

Logo quando surgiu, a rádio contava apenas com um transmissor de 3kW de potência. No ano de 2008, ela recebeu um transmissor com predisposição digital, que garante uma maior durabilidade da emissora no ar. Com isso, hoje, cerca de 50 municípios recebem diariamente o sinal da emissora, com uma ótima qualidade de transmissão.

Além da tecnologia de transmissão de ponta, o acervo musical da rádio, hoje, é composto em média por 8 mil discos físicos e 35 mil músicas digitalizadas, em uma grade de programação que inclui mais de 35 programas. A programação diária oferece aos ouvintes músicas, notícias em geral e sobre a Universidade e cultura maranhense. Um dos maiores sucessos da rádio é o programa “Santo de Casa”. Criado em 1994, se tornou uma das grandes marcas da emissora, realizando a divulgação e apoio à cultura do estado. Gisa Franco, locutora e apresentadora do programa, conta que o “Santo de Casa”, desde o lançamento, passou por várias repaginadas. O núcleo de produção, responsável pela elaboração do programa tem a preocupação de estar sempre antenado com a produção cultural local, mantendo contato direto com músicos, cantores, etc., refletindo, assim, em quadros, entrevistas e um belíssimo programa.

Mas para chegar ao sucesso que é hoje, ao longo desses 30 anos, diversos diretores já passaram pela administração da emissora. O primeiro diretor a quem se credita a parte introdutória da rádio, assim como o projeto para pô-la no ar, foi o professor José Ribamar Nascimento (in memorian), que a deixou antes de entrar no ar. Já com a rádio no ar, temos o segundo diretor, professor do departamento de Arte, Carlos Alberto de Sá Barros (in memorian), que permaneceu até o ano de 1990, seguido pelos professores de Comunicação da UFMA, Zenir de Jesus Lins Pontes (1990-1996), Francisco Gonçalves da Conceição (que permaneceu somente durante o ano de 1997), Éllida Neiva Guedes (1998-2003) e, por último, o atual diretor, professor José Arnold da Silva Filho, que comanda a Rádio Universidade há 13 anos. Para ele, a rádio é uma emissora que difunde a cultura e a educação, mas ela não tem o compromisso apenas de transmitir através das ondas do rádio. É também trabalhar no campo cultural e educativo, justamente como uma emissora da Universidade Federal do Maranhão, sendo um campo de aprendizado para os alunos da instituição.

Além da diretoria, a Rádio é composta pelos núcleos de Jornalismo, Produção, Programação, Marketing e Relações Públicas, todos coordenados por profissionais do mercado, servindo como local de estágio para mais de 20 alunos dos cursos de comunicação social, administração, biblioteconomia, ciências da computação, design e música.

Ao completar os seus 30 anos de exercício dando suporte aos estudantes, à Universidade e a São Luís, a Universidade FM está composta por profissionais, estagiários e colaboradores que fazem parte da sua história, servindo como instrumento social para a propagação da cultura, fortalecendo as ações educativas, a própria comunidade maranhense e acima de tudo, sendo a cada dia “A rádio que toca você!”.